anne.

A felicidade muda de endereço


Já achei que seria feliz quando casasse com o amor da minha vida, hoje acho que serei feliz quando comprar minha casa ou trocar de carro. Já quis me formar, arrumar um emprego, pagar as contas, trocar de celular, ir pra aquela festa, ganhar um mega presente, dar o primeiro beijo, arrumar o primeiro namorado, viajar com os amigos, conhecer o exterior, com o meu marido ir pro interior. 
Já achei que seria feliz de tantas maneiras e nunca paro. Sou feliz sempre? Não. Nunca seremos. Mas a felicidade muda de endereço, hoje você vai ser feliz se passar no vestibular e amanhã de se formar. Hoje você sonha em ter um carro, amanhã em viajar. Hoje você sonha em casar, amanhã você quer curtir a noite sozinha por aí. A felicidade é uma variável enigmática, um x que não pode ser descoberto, a cada sonho realizado vem um novo. 
Sempre achei que seria feliz quando saísse de casa, fosse independente, tivesse meu emprego, um bom marido e viajar bastante pra conhecer muitos lugares. Hoje eu sonho com um apartamento, uma viajem a Europa e um cargo melhor na minha empresa. Amanhã vou querer conhecer a Ásia, ter um filho e um cachorro. 
Ser feliz é se aventurar a conquistar cada sonho, por menor que seja, aproveitar o caminho, a escalada, a busca, a jornada. Ser feliz não é comprar uma casa ou conhecer Londres. Ser feliz é escolher onde morar, a cor da parede, o material do portão, automático ou manual? Ser feliz começa na hora de fazer as malas, colocar as roupas que mais amamos, sentar no avião com um frio na barriga.
A felicidade também está na simplicidade do dia a dia, seja dormir, comer um bolo, chegar em casa cedo pra ver um filme com meu marido, ir ao cinema e comer uma pipoca com manteiga, um copo de suco gelado depois de uma corrida, um chá quente na hora de dormir, uma sopa depois de uma gripe, um seriado engraçado depois de um dia de trabalho. Todo dia tenho um desejo diferente que vai me fazer feliz e vai ser sempre assim. 

A felicidade não tem tamanho, cor, raça ou peso, ela cabe onde e como você quiser. Ela pode ser um desejo pra agora ou pra daqui anos, a felicidade não tem endereço você pode esbarrar com ela na esquina, no shopping ou na balada, na compra de uma roupa ou um apartamento, descendo as escadas do seu prédio ou lendo um livro. Ela não escolhe nem o lugar nem o momento, ela simplesmente chega e abraça. E você precisa estar preparado pra recebê-la, tem que estar pronto pra deixar o momento fluir e a felicidade entrar, como eu já disse a felicidade não mora com você, mas ela te visita bastante. 

2 comentários: