anne.

Os sonhos que ainda não sonhei

Eu estava assistindo a um vídeo na internet sobre realizar sonhos e correr atrás do que a gente quer e comecei a pensar quantos anos eu tenho e em tudo o que já realizei, ou deixei de realizar. Eu sempre soube que eu era acomodada em apenas sonhar e agir pouco, mas parando pra analisar em que ponto estou eu vejo que não é bem isso que eu estou sonhando e priorizando as coisas erradas. 

Acho que meu primeiro sonho era me apaixonar, sempre fui uma menina de conto de fadas, de romance e de livros épicos. Sempre sonhei em viver um amor, uma aventura romântica e tudo mais, sempre quis morar sozinha, ter um apartamento pra chamar de meu, adotar um cachorro e viajar o mundo. Sempre quis ser uma escritora, escrever sobre o amor que eu nunca vivi, as viagens que eu nunca fiz e o apartamento que eu nunca conquistei. 

Entretanto eu tenho 20 anos e já estou concursada do jeito que eu queria, tenho um carro e consegui comprar um iPhone que eu tanto desejei. Tenho um namorado lindo que me ama e nesse relacionamento a distancia maior aventura não há. Tenho milhões de livros ainda não lidos, milhões de filmes ainda não vistos e um zilhão de sonhos ainda não realizados e a maioria deles nem sonhado ainda, mas de uma coisa eu sei, isso é só o começo. 

Eu nem cheguei na flor da idade ainda, nem terminei de realizar os primeiros passos dos meus desejos, então muita calma nessa hora e verei o que está faltando pra eu concretizar meus sonhos. Está na hora de sentar e por na ponta da caneta o que eu preciso fazer pra ter o que eu quero, pra ir onde eu sempre quis, quer dizer, não é hora de sentar não é preciso correr atrás. Enquanto estiver sentada não chegarei a lugar algum. 

O Ponto de partida é sonhar. A corrida é a escalada em busca da tal realização e espero nunca chegar no ponto de chegada, pois quer dizer que eu terminei de sonhar e quem deixa de sonhar é por que deixou de viver. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário