anne.

Borboletas no estomago


Ontem eu estava conversando com uma amiga sobre a minha parte favorita de um relacionamento e eu falei que gostava do início, quando a gente ainda ta conhecendo o cara, não sabemos nada um do outro, nem mesmo se estamos sendo correspondidos, tudo é desconhecido no início de uma relação. 

Você pode até ter se apaixonado uma, duas ou três vezes você vai sempre passar pelos sintomas do amor quando se deparar cara a cara com a pessoa que você ta afim, e o pior é que isso é bom. As primeiras coisas são as melhores, quando ainda ta no início e tudo que vem pela frente é desconhecido, mas e dai? Arriscar sem saber o que vem pela frente pode trazer os momentos mais felizes.

A parte mais engraçada é o nervosismo, quando percebemos que estamos gostando de um cara o nosso corpo tem um jeito de expressar isso, ou não, mas tem pessoas que ficam tremendo, gaguejando ou suando frio. Eu fico simplesmente nervosa, meu coração fica super acelerado e eu nunca sei exatamente o que fazer e fico evitando olhares dele, e não consigo manter uma conversa descente o cara começa a falar algo interessante e eu fico "aham" ou então começo a falar coisas aleatórias do tipo eu gosto de manteiga. Apesar de constrangedor tudo isso é muito engraçado e é uma etapa muito gostosa de se passar em um relacionamento. 

Apesar do nervosismo parece que tudo flui bem, a gente consegue conversar, se divertir e o sentimento começa a evoluir você não só está afim como está gostando do cara, gostando mesmo. Começa aquela sensação gostosa na boca do estomago, as chamadas borboletas, o frio na barriga de um jeito bom e o sorriso bobo no rosto quando as lembranças tomam conta da nossa mente. Suas amigas implicam com você até admitir que está apaixonada, e você então concorda, você está. 

E ele também gosta de você, percebestes isso quando ele deu aquele beijo na porta da sua casa, o beijo de boa noite mais lindo e romântico de todos e quando você fecha a porta as borboletas estão dançando por todo o seu estomago, você não vai conseguir tirar o sorriso do rosto tão cedo, e quando você deita na cama está sem sono, esperando uma mensagem ou uma ligação e quando recebe vem aquela vontade de dançar pelo quarto e de rir para sempre. 

Quando o relacionamento está ficando cada vez mais longo essas coisas acabam e não que precise ser um relacionamento cheio de tédio, tem sempre uma primeira vez pra qualquer coisa, o primeiro eu te amo, a primeira briga, a primeira aparição em público, a primeira apresentação a família, o primeiro pedido de casamento, o primeiro filho, a primeira casa juntos, o primeiro carro, a primeira briga de casados. As primeiras coisas são as que mais encantam e causam sentimentos por todo o corpo, mas sempre teremos essas coisas com quem a gente ama. 

2 comentários:

  1. Também gosto do início, das borboletas, do nervosismo hahah não a nada melhor :D

    http://senhoritaslunaticas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Aquele frio na barriga... borboleta no estomaco e coracao acelerado ... hehehe
    no inicil tjdo eh lindo... nao q o meio tbm nao seja... mas o inicil eh melhor justamente pela descoberta... ♡
    www.renatamassa.blogspot.com

    ResponderExcluir