anne.

Meus 22 aninhos ❤️


Fazer aniversário  pra mim é uma maravilha eu fico super empolgada e super feliz em  comemorar meus aninhos de vida e esse ano não podia ser diferente, só  que vou dividir com vocês tudo que vem por ai. Tem uma tradição pra mim que é passar meu aniversário no Outback, já vem acontecendo há uns cinco anos mais ou menos e mais uma vez estarei por lá no dia 10 (que dá em um sábado). Como esse ano faço 22 espero que leiam esse post a trilha sonora de Taylor Swift 22.

Vão ter muitas listinhas,  muitas animações e muita alegria, esse ano eu completo 22 aninhos e estava em dúvida se eu fazia uma super festa de aniversário ou me dava  um super presentão. E agora eu tive uma ideia incrível: vou me dar  um presente simples, já que final do ano eu viajo e preciso economizar bastante para me dar um presente ainda melhor, agora a dúvida é o que  eu vou me dar de presente, eu me amo pra caramba e me conheço bastante  então eu sei que eu quero muita coisa, mas devo escolher somente um,  vamos a primeira listinha pré aniversário haha chamarei a de Wishlis of my birthday só que com os possíveis presentes que eu irei me dar.




- Um dia no SPA
Esse  presente está mais para uma realização pessoal, sempre tive vontade de  passar o dia do meu aniversário inteiro no SPA relaxando e me sentindo A  DIVA, só que eu não faço idéia de o porque eu nunca fiz isso, a me  lembrei agora $$$.Custa em torno de R$500,00.



- Um vinho Bordeaux
Outra  realização pessoal referente as francesas, sempre vejo nos livros, nos  filmes e etc. Não sei se é isso mesmo, mas parece que o vinho Bordeaux é  o queridinho das nossas queridinhas da França, isso é um dos motivos  que me leva a querer provar um bom vinho Bordeaux. Outro motivo é que eu  sempre quis provar vinho naquelas taças lindas, então eu quero o pacote  completo, as taças e o vinho e quero provar (será que vou gostar?). Não  sei o preço de um bom vinho deste, eu teria de pesquisar bastante.



- Um iPad
Tem  pouco tempo que quero um, na verdade quando eu morava na casa da minha  mãe eu já tinha um e esse ano eu sinto muita falta, não tenho  prefêrencia quanto ao modelo, mas eu quero um barato e com muitos gigas  pra eu poder armazenar bastante coisas. Como tem muitos tipos de iPad's  eu quero pagar em torno de R$1300,00. 

- Uma pulseira e berloques da Vivara/Pandora
Esse  é um desejo de muuuuito tempo, sempre quis uma dessas pulseiras de  berloques, mas também sempre quis uma pulseira e aos poucos eu iria  comprando os berloques, pois quero que cada um tenha um significado. Não  gosto com muitos berloques, quero o mais simples possível e que seja a  minha cara. A pulseira custa em torno de R$1000,00 dependendo dos  berloques.



- Camera fotográfica
Não é novidade que eu sempre quis uma camera fotográfica e eu quero uma semi-profissional ou até mesmo profissional, como eu não conheço tão bem sobre esses equipamentos pra mim acho que serve qualquer uma, mas tem a Canon t5i muito famosa entre os melhores fotográfos então eu dou preferência pra essa marcar. Está em torno de R$2000,00.


- Quadro lindo e maravilhoso da Audrey (que eu vi na expotchê)
Eu sempre quis ter um quadro dela é uma das minhas queridinhas e em quem eu me inspiro muito, então eu vi um quadro de madeira com três imagens dela quando fui na Expotchê aqui em Brasília e fiquei deslumbrada e todas as noites antes de dormir imagino aquele quadro na minha parede, eu quero muito. 

Se quiserem opinar fiquem a vontade. 
Beijos e até o próximo post :*
                

Doidas e Santas - Martha Medeiros

Acabei de chegar de uma peça de teatro que está em cartaz aqui em Brasília, chamada doidas e santas, baseada em um livro da Martha Medeiros que reúne crônicas sobre a mulher, confesso que não li todas as crônicas do livro, mas conheço a maioria e eu adoro. Essa foi a segunda peça baseada no livro dela que eu vi a primeira foi Feliz por nada que eu até fiz um post, só clicar aqui.

Agora o que dizer sobre essa peça, bem, mexeu muito comigo e confesso que estava mega ansiosa, assim que fiquei sabendo dei um jeito de comprar minha entrada pra tão esperada peça. O enredo é sobre Beatriz, uma psicanalista que começa a narrar sobre seu relacionamento e as doideras de toda mulher, sua irmã vem visita-la e ela acaba confessando que se apaixonou por uma de suas clientes, mas nada aconteceu, mas percebeu que precisava se separar urgente pra começar a sua vida.

O roteiro não gira em torno do relacionamento, na verdade é só um detalhe usado para inserir os pensamentos e ideais que Martha nos mostra em suas crônicas, o roteiro se trata do que se passa na cabeça e no coração de toda mulher, seus devaneios e suas loucuras, suas vontades e desejos, seus sonhos e seus medos.

Eu sempre tenho dificuldade de passar tudo que eu senti quando li as crônicas e vi a peça, mas  de qualquer forma eu tento aqui, dessa vez não foi diferente eu ri, me emocionei, chorei, gargalhei, me identifiquei e até julguei. Cada mulher tem um pouco da Beatriz, tem um sonho, um traço de personalidade, uma opinião parecida, de doida toda mulher tem um pouco.

Somos complicadas e vivemos intensamente, uma frase dita na peça foi que os homens são as mulheres felizes, pois eles vivem do jeito que queríamos viver: sem se importar. E em parte isso é verdade a gente liga demais, pensa muito, anseia bastante, ao invés de deixar rolar, de curtir na simplicidade, de se importar menos.

Eu recomendo a peça e espero que gostem.
Beijos e até o próximo post.
<3

Saudades do que eu nunca vivi



Uma amiga minha vivia falando que ela tinha saudades de lugares que ela não conhecia, um sentimento gostoso, uma vontade, um desejo. Eu sempre entendi aquele sentimento mas não compartilhava-o com ela. Quando cheguei de Gramado não só entendi e concordei como eu consigo sentir o mesmo com quase tudo na vida, não somente lugares. 

Tenho saudade de Londres, um lugar especial pra mim, o qual eu nunca visitei, mas sonho o tempo  todo, desejo de conhecer cada cantinho até o interior, saber como é a rotina de um londrino, entender como é o dia a dia de alguém que trabalha e mora lá. Tenho saudade de descer do avião em um continente diferente, de estar sozinha em um outro país, mesmo que nada disse tenha acontecido ainda. 

Sinto saudades de muitas outras coisas também, muitos sabores que ainda não provei, muitas festas que ainda não frequentei, muitos livros que ainda não li, muitos filmes que ainda não vi, muitas roupas que ainda não usei, muitas músicas que ainda não ouvi, de quase tudo que me espera no desconhecido eu tenho saudade. 

A saudade é boa, uma saudade do que eu ainda não vivi, do que eu ainda não passei, do que eu ainda nem senti. E quando eu realizar cada sonho, cada canção, cada momento eu sentirei saudade do mesmo jeito, mas depois será a saudade do que eu aconteceu, por enquanto eu sigo sonhando e com muitas saudades do que eu nunca vivi.